26.9.07

Apaixonados

Eles estavam apaixonados. Visivelmente apaixonados. Olhavam-se demoradamente, sem dizer qualquer palavra. Abraçavam-se e beijavam-se calma e infinitamente. Um misto de candura e desejo. Queriam a vida toda e queriam só aquele momento. Sobrava amor. Transbordava. Tanto que cada um que passava também ganhava um pouco, e se apaixonava. E sonhava. E lembrava. E o casal apaixonado, inocentemente, apaixonava o mundo.

Nenhum comentário: