6.9.07

O Dragão e a Joaninha

Saiu correndo, com medo, gritando, querendo fugir o mais longe que podia dali. Tropeçou em uma pedra, caiu no chão, e seus óculos também caíram. Quando esticou os braços para pegar seus óculos, reparou que não eram os seus óculos. Eram outros, mas não os seus. Outros que estavam no lugar dos seus. Mas como? Não sabia. Olhou para trás, de onde fugira. Estranho. Não havia mais dragão, não havia mais nada. Olhando bem (franzindo os olhos para conseguir enxergar com precisão) tinha sim: uma joaninha. Que loucura! Era apenas uma joaninha... e ele pensou que fosse um dragão dos grandes. Mais do que depressa, se livrou daquelas lentes estranhas, que só fizeram atrapalhar a vida.

Nenhum comentário: