21.10.07

O resto não

Dentro de um avião. Em cima das nuvens. Pés bem longe do chão. Tento me encontrar e tudo que penso é em descer daqui. Minha cama ainda quente e eu aqui passando frio. Como poderia não chorar? Tento me encontrar no meio dessa confusão. Ninguém imagina. Eu não sou daqui mas cumpro bem a sina. Reunião. Vinte milhões em ação. E vinte milhões de vezes eu queria estar bem longe daqui. Não quero mais isso não. Tento me encontrar e só encontro solidão. Mentira. Encontro paz quando penso em suas mãozinhas. Como poderia não chorar? Isso é amor, minha filha. O resto não.

Nenhum comentário: