13.2.08

Nos braços de Deus

Eram dois bebezinhos. Duas meninas. Uma ficou na terra e a outra voltou para o céu. E a mãe, sessenta anos depois, conta sua história com ternura. E lágrimas. A mãe lembra de sua filha querendo acreditar que fez tudo o que podia. Sozinha, com duas crianças. Fez tudo. Tudo o que podia, tudo o que sabia, tudo o que conseguia. Deus sabe que sim. Mas ela não. Sofre. Lamento de mãe dói fundo no peito, e não há tempo que dê jeito. Mas Deus sabe e, com todo carinho, segura sua menina. E aguarda (sabido que é das coisas da vida). A mãe terá sua menina nos braços de novo, a receberá dos braços Dele. E, com o peito doído de saudade, mas invadido de felicidade, vai acalentar sua menina com todo o amor que ficou guardado esses anos todos. Sim, Deus sabe.

Um comentário:

cintia disse...

Sá,
quem sabe do que se trata... chora !!

Lindo Lindo!