13.5.08

Regra de ser

Afinal de contas...
a intensidade da dor
é diretamente proporcional
à necessidade de libertação.

Mas atenção:
de baixo para cima
este poema não se aplica.

3 comentários:

Juliana Caribé disse...

Amei! Me lembrou um poeminha que a gente escrevia quando era adolescente, que dava para ler de cima para baixo e de baixo para cima. Mas os sentidos eram completamente diferentes. Infelizmente, não me lembro de cor, mas se um dia eu achá-lo por aqui, mando pra você.

Beijos.

Fabiola disse...

lindo lindo lindo

J.F. de Souza disse...

Nem uma coisa, nem outra! :P