14.8.08

de volta

já fui devota
de krishna

hoje padeço
tentando aprender
o que tão bem
eu sabia:

a vida é etérea
a morte é matéria

já fui devota
de krishna

hoje anseio
livrar-me do medo
cortar os cabelos
e vestir um sari
(imagem: krishna.com)

11 comentários:

Pedro disse...

Livrar do medo. Tão importante. Tão difícil.

Karen disse...

Concordo com o Pedro. Livrar-se do medo é o mais difícil. Às vezes nem sabemos o que tememos.

Estava com saudades já!
bjs

camille disse...

É a vida de repente da um medão. Depois passa. Da para ser devota de Krisna, ou devota do mundo como diria Krisnamurti, nosso mestre somos nos mesmos. E esse é o maior medo de todos eu acho. Ser a propria referencia.
Beijos,
Cam- cameliadepedra.blogspot.com

Márcia(clarinha) disse...

Sem algemas [de]vota na vida plena...

lindos dias doce flor
beijos

Tata disse...

vou contigo!
deixa?
:-)

Márcia(clarinha) disse...

Semana doce minha flor,
beijos

Aline disse...

coração,

vim ler-te e avisar-te que mudei de blog :)

agora me encontras aqui: sintologoinsisto.wordpress.com.

um beijo.

aline

Múcio L Góes disse...

entre chegada e partida,
descubri que a morte
é coisa da vida.

bjs

moacircaetano disse...

Sou devoto da poesia...
e que belo templo o seu!

Mary disse...

Que você realize seus desejos! :)

Beijoss

Bill Stein Husenbar disse...

Que o desejo se torne realizade.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/