16.7.09

filha e mãe


Sem a menor pretensão, e com a mais perfeita arte, você, a cada segundo, ensina-me a viver. E eu inda tenho tanto, tanto a aprender. Quero rir com você, sempre. Quero estar ao teu lado, sem tempo. Quero olhar fundo nos teus olhos, a cada momento. Quero aprender toda essa delícia de vida que você, todos os dias, me ensina. Obrigada, minha menina querida. Muito obrigada.

6 comentários:

Fabiola disse...

ai... como é bom né?
como vc esta?

Karen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karen disse...

perto ou longe, elas sempre nos ensinam. meninas de ouro.
bjs

Anônimo disse...

Bonito isso.

:)

Vieira Calado disse...

Olhando para os dois versos (ao lado)
digo-lhe que, por cá,

suspiros também são uma espécie de bolos (e bem doces)...

Cumprimentos meus

Monique Frebell disse...

As crianças são os mestres e nós os aprendizes, é verdade!

Rs*
Voltando aos poucos...